Você está deixando a porta aberta para seus clientes? - W/Morais Soluções Digitais

Agora você pode navegar pelas categorias que mais gostar

Categorias
15 de dezembro de 2020

Você está deixando a porta aberta para seus clientes?

Tempo de leitura: 15 minutos

Você está deixando a porta aberta para seus clientes?

Já parou para pensar por onde seus clientes chegam até sua marca? Ou seja, onde os clientes ouvem falar da sua marca, onde a conhecem e, principalmente, por onde são convencidos a comprarem ou contratarem seus serviços ou produtos.

Já fica de lição: pegue papel e caneta e faça um mapa mental indicando quais são as portas da sua empresa. Alguns exemplos são site da empresa (através do posicionamento SEO), mídias sociais (com conteúdo para redes sociais), campanha de e-mail marketing, Google Busines (ou Google Meu Negócio), mas não se limite a esses. Pense especificamente no que sua empresa possui e liste cada um deles.

Mas se você não faz ideia do que isso se trata e como começar essa lista, está no lugar certo. No texto de hoje, vamos te ajudar a entender como funcionam as 4 principais portas de acesso entre clientes e empresa. Com isso, você vai conseguir identificar quais a sua marca tem usado e se elas são, realmente, as melhores opções.

Acompanhe o texto e confira

 

Clique direto no tópico

Antes de mais nada, conheça sua empresa e seus clientes
1 – Acessos no website pela busca orgânica do Google (posicionamento SEO)
2 – Google Business e suas possibilidades
3 – Planejamento de conteúdo mídias sociais
4 – Estratégias de e-mail marketing
Conclusão

 

Antes de mais nada, conheça sua empresa e seus clientes

Como alertamos logo no início do texto, é importante já saber quais as portas da sua empresa já estão abertas. Hoje em dia, a maioria das empresas já possuem, pelo menos, uma conta em alguma mídia social e um site. Sua marca já possui essas ferramentas? E quais outras você pode incluir?

Para te ajudar nessa organização, ao invés de papel e caneta, utilize uma opção online para criar um mapa mental e listar tudo que sua empresa já possui e pode ser melhorado. Pense também quais, atualmente, são as mais efetivas. Ou seja, a maioria dos seus clientes chegam por onde?

Você pode utilizar esta opção para criar seu mapa mental. Essas ferramentas ajudam muito na hora de se planejar, use para tudo!

A seguir, confira quais são as principais portas que sua empresa pode investir. Lembrando que não existe uma regra, é necessário entender a realidade de cada empresa.

 

1 – Acessos no website pela busca orgânica do Google (posicionamento SEO)

O SEO (otimização para sites) é a estratégia para empresas que querem aparecer na primeira página do Google. E quem não, não é verdade? Então, a otimização para os motores de busca segue algumas regras para conquistarem o posicionamento SEO.

A principal estratégia de otimização para buscadores é o conteúdo otimizado, aliado diretamente ao marketing de conteúdo. As empresas precisam se preocupar em oferecer conteúdo relevante e de qualidade para seus clientes. É através desses conteúdos que é possível realizar o trabalho de SEO (otimização de busca).

Além disso, a otimização para buscadores possui algumas condutas básicas, podemos citar:

  • Acompanhar frequentemente as constantes atualizações do algoritmo do Google;
  • Fazer as adaptações necessárias, de acordo com as atualizações do algoritmo;
  • Ter um site responsivo, que funcione tanto em computadores, como em celulares (principal meio de acesso atualmente) e tablets;
  • Carregamento rápido das páginas;
  • Originalidade dos conteúdos, evitando cópia de outros sites;
  • Inserção dos termos mais buscados pelo seu público-alvo nos conteúdos produzidos para o seu site;
  • Seguir a metodologia de criação de textos otimizados para site. Além das palavras-chave, os textos precisam ter uma estrutura de fácil leitura, com subtítulos, marcadores, imagens, sentenças e parágrafos curtos, por exemplo;
  • Links internos e externos no site.

 

2 – Google Business e suas possibilidades

Se você digitar o nome da sua empresa agora no Google, um dos resultados será as informações sobre sua empresa. Esse é o Google Business, uma ótima ferramenta para mostrar as principais informações da sua empresa, como endereço e horário de funcionamento. Com ele, seus clientes se conectam à sua marcar através da busca do Google e, também, do Google Maps.

Poucas empresas usam o potencial do Google Meu Negócio, ou por ignorarem sua eficácia ou por não saberem como funciona o Google Meu Negócio.

Então, sim, se você souber como usar o Google Business, ele pode ser uma porta de entrada para sua empresa. Confira suas funcionalidades:

  • Mensagem direta entre cliente e empresa;
  • Os clientes podem dar nota e deixar comentários;
  • Mostra os horários de picos de forma automática, um gráfico criado pelo próprio Google. Assim, os usuários conseguem ver um momento de menor fluxo para ir à loja;
  • Se a localização da pessoa for próxima à da empresa, ela aparecerá como prioridade;
  • A empresa aparece no Google Maps quando o usuário estiver próximo;
  • Atualizações como: novidades (conteúdo com vídeo, imagem e texto como em uma mídia social), anúncio de promoções, eventos e cadastro de produtos. Importante utilizar essa funcionalidade com frequência para aumentar a relevância da empresa.

 

3 – Planejamento de conteúdo mídias sociais

O crescimento das mídias sociais é incontestável. Por isso, as empresas estão criando conteúdo para Instagram e Facebook cada vez com mais frequência para atender às regras do algoritmo e ganhar relevância na plataforma.

Para utilizar as mídias sociais como uma porta para conquistar clientes, o primeiro passo é saber qual é a que mais tem a ver com a empresa. Não é porque está todo mundo usando uma rede social que sua empresa deve estar lá também, pois seus clientes podem estar em outro lugar.

Essa escolha deve levar em consideração a marca, o público-alvo e os produtos ou serviços oferecidos. Por exemplo, o LinkedIn tem crescido bastante ultimamente, mas isso não significa que todos os segmentos vão tirar proveito incluindo-o em sua estratégia de conteúdo para mídias sociais. Às vezes, você só vai perder seu tempo e investimento, podendo priorizar a produção de conteúdo para outras mídias digitais.

Isso também significa que as marcas precisam acompanhar as novidades e sempre avaliar se uma nova mídia pode ser relevante para sua marca.

Podemos usar como exemplo a própria WMorais, que não alimenta sua fanpage no Facebook porque entende que o público-alvo não está lá. Por outro lado, criamos conteúdos periodicamente para o blog, Instagram e LinkedIn da empresa. Nesse caso, preferimos utilizar o LinkedIN pessoal da Gabriela Morais, diretora executiva da WMorais, para trazer autoridade para a empresa e tornar a comunicação dentro da mídia mais atrativa.

Anota essa dica: para quem vende produto, Instagram e Facebook são as mídias mais indicadas. Já quem vende serviço, não pode abrir mão do Google Business e do LinkedIn, o que não significa que não possa estar no Instagram e Facebook, mas lembre-se que nessas redes o apelo de produtos é maior.

No Instagram, por exemplo, existe a ferramenta do Instagram Shop, que é uma opção para quem vende produtos e ainda não tem um e-commerce. Para fazer a inserção de mercadorias e planejamento de conteúdos nessa funcionalidade, a WMorais pode ajudar as empresas.

 

4 – Estratégias de e-mail marketing

No e-mail marketing, o relacionamento funciona com quem a empresa já tem ou teve contato. Funciona como uma forma de se manter conectado com clientes. Sabe aquele ditado “quem não é visto, não é lembrado”? O e-mail marketing corrobora com essa ideia.

Além disso, também é possível criar uma campanha de e-mail marketing para prospecção. Quais são os gatilhos que sua marca usa para prospectar leads? Normalmente, e-mail, nome e telefone. Por isso, o e-mail marketing é uma forma de prospectar pessoas que já tiveram contato com a marca e interesse suficiente para deixar seus dados.

Mas para utilizar essa ferramenta como uma porta eficiente, não basta pensar em conteúdos relevantes para e-mail marketing, é necessário ter uma base de dados organizada também. Importante criar categorias para organizar a base de dados, por exemplo, faixa etária, localização, status (frequência de compra), entre outras, tudo vai depender de cada empresa.

Também é importante contar com boas ferramentas para as estratégias de e-mail marketing. Aqui na WMorais, usamos e indicamos o MailChimp. E na hora de criar conteúdo relevante para e-mail marketing, vale a pena pensar em algumas boas condutas, como assuntos que:

  • despertem interesse;
  • tenham relevância para quem vai ler;
  • mostrem urgência;
  • inspirem emoção;
  • tenha personalização;
  • mostre números ou percentuais;
  • façam questionamentos.

Claro, um único e-mail não deve, e nem é possível, ter todos esses itens. Mas na hora de escolher o assunto, use esses tópicos como guia, experimente cada opção e veja o que funciona melhor com a sua base de dados.

 

Conclusão

O primeiro passo, como você viu, é a organização e o entendimento de como sua empresa tem atraído seus clientes.

Entender seu público-alvo e ter metas específicas também ajuda na hora de escolher a melhor estratégia, afinal, você viu que existem muitas possibilidades e você não precisa usar todas.

Após se organizar, você conseguirá entender quais as melhores para sua marca e pode começar a aprender qual a melhor forma de usá-las.

No texto, você conferiu apenas quatro exemplos de portas para seus clientes, mas existem outras opções.

 

Conheça a WMorais

Sua cabeça está explodindo com tanta informação e esse mundo de possibilidades infinitas?

A WMorais pode te ajudar desde a parte de se organizar até o momento de escolher as melhores estratégias, criar conteúdo e avaliar o desempenho. Sim, oferecemos o serviço completo para garantir os melhores resultados para sua empresa.

Vamos conversar? Fale com a gente:

Tire todas suas dúvidas. É só entrar em contato com a nossa equipe através do telefone (13) 3321-5308, WhatsApp ou, se preferir, mandar uma mensagem.

 

Mais soluções da WMorais para sua empresa

Na WMorais, você encontra consultoria SEO para empresas de São Paulo. Atuamos com otimização para buscadores através do marketing de conteúdo e completa otimização de sites. Além disso, também criamos e monitoramos anúncios pagos no Google Ads, traçando objetivos e entregando resultados.

Temos expertise em criação de website gerenciável e desenvolvimento de sistema web personalizado. Tudo com a estrutura ideal para seu público-alvo, seja na criação de website, e-commerce, landingpage e até sistema web.

Bem como fazemos o planejamento de marketing de conteúdo SEO para o bom posicionamento SEO do seu site. Também realizamos otimização SEO para sites, e-commerces e hotsites.

Não deixe de ver nossos cases de sucesso!


A WMORAIS oferece soluções digitais para pequenas, médias e grandes empresas de São Paulo. É especializada em otimização para mecanismos de busca (SEO) para ranqueamento na primeira página Google. Também tem expertise em criação de site gerenciável (e-commerce, blog, portal) e desenvolvimento de sistema web customizado. Além de atuar com consultoria de marketing digital, marketing de conteúdo, anúncios no Google Ads com links patrocinados, criação de logotipo e palestras personalizadas.

 

Voltar

Quer ficar por dentro das nossas novidades?

Você também vai gostar