Esteja em todos os lugares, tenha um e-commerce! - W/Morais Soluções Digitais

Agora você pode navegar pelas categorias que mais gostar

Categorias
25 de setembro de 2020

Esteja em todos os lugares, tenha um e-commerce!

Tempo de leitura: 10 minutos

Esteja em todos os lugares, tenha um e-commerce!

As mudanças que vêm acontecendo durante e por causa da pandemia do novo Coronavírus não são temporárias: os consumidores que até então resistiam, se renderam à comodidade e à economia de comprar por uma plataforma de e-commerce.

E sua marca, ela já tem local garantido no mundo online? Gestores que procrastinaram a criação de e-commerce não têm mais chance de continuar fazendo isso, se continuarem resistindo à tecnologia e à criação de loja virtual vão acabar esquecidos no mercado. As marcas que já possuem uma plataforma de vendas online estão à frente da concorrência, em vantagem, e aquelas que ainda não possuem… bom, é melhor correr atrás do tempo perdido.

Não importa qual é o seu segmento, os clientes em potencial estarão online pesquisando variedade, preço e qualidade, prontos para clicarem em “finalizar compra”.

Já são mais de 1,7 milhão de novos consumidores online. Sua marca está pronta para faturar? No texto de hoje, a gente conta tudo o que você precisa saber sobre o mundo por trás da criação de e-commerce.

 

Navegue pelos tópicos:

Mais de 1,7 milhão de novos consumidores online!
1 – O que é um e-commerce e por que ter um?
2 – Conheça quais os tipos de e-commerce existentes
3 – As melhores vantagens que seu cliente encontra em um e-commerce
4 – Sete motivos para você investir na criação de um e-commerce
5 – O que você precisa saber sobre seu e-commerce
6 – O que mensurar para saber se o seu e-commerce está trazendo o resultado esperado?

 

Mais de 1,7 milhão de novos consumidores online!

O Mercado Livre fez uma pesquisa que mostra que os consumidores estão migrando para o online: são mais de 1,7 milhão de novos consumidores. Mesmo assim, não dá para esquecer das estratégias de venda e da qualidade da plataforma em que for criar loja virtual. Mais do que nunca, usabilidade fará a diferença na hora de fechar negócio.

Agora que você já sabe que pode, sim, aumentar o faturamento da sua marca com a criação de e-commerce, vem conhecer tudo sobre essa plataforma de vendas online e começar agora a mesmo a criar o e-commerce da sua marca.

 

1 – O que é um e-commerce e por que ter um?

O e-commerce, também chamado de comércio eletrônico, é quando o processo de compra e venda acontece unicamente pela internet, através de ferramentas online. Ou seja, vai muito além de um catálogo no site da marca, pois é necessário uma logística e uma estrutura especial para funcionar no universo digital, quase sem a interferência de pessoas.

No e-commerce, os dois principais elementos da negociação ficam “automatizados”, são eles a venda e o atendimento ao cliente. A partir disso, o controle de estoque e finanças também precisam ser automatizados e, claro, a “lábia do vendedor” fica sob responsabilidade de um bom marketing digital.

No dia a dia, o processo é simplificado já que funciona automaticamente. Por outro lado, é preciso ter uma boa estrutura para que essa automatização funcione bem, considerando boa logística, boas ferramentas e um bom marketing.

 

2 – Conheça quais os tipos de e-commerce existentes

Depois de entender o que é um e-commerce, vem conhecer os tipos dessa plataforma de vendas online. Para as empresas que querem ter seu próprio e-commerce, os principais tipos são:

  • E-commerce B2B;
  • E-commerce B2C.

 

E-commerce B2B

A escolha entre esses dois tipos vai depender do segmento da empresa. Sendo que o e-commerce B2B (Business to Business) são para empresas que quem têm outras empresas como clientes, normalmente são empresas que vendem equipamentos ou matérias-primas.

Esse tipo de e-commerce demanda uma estrutura mais complexa devido ao porte das transações, tanto em questão de valor, quanto em transporte do produto. É necessário que a estrutura planejada lide com:

  • Variáveis na tabela de preços;
  • Condições de pagamento diversificadas;
  • Regras de pedido mínimo;
  • Aprovação de cadastro e limite de crédito;
  • Impostos;

Todos esses pontos já são normalmente avaliados pelos vendedores em uma transação tradicional, fora do e-commerce, e precisam ser automatizados.

 

E-commerce B2C

Já o e-commerce B2C são empresas que vendem para o consumidor final. Esse tipo engloba diversas categorias de produtos: moda e acessórios, eletrodomésticos, livros, cosméticos e saúde, telefonia, decoração, informática, eletrônicos, esporte e lazer e brinquedos e jogos.

 

3 – As melhores vantagens que seu cliente encontra em um e-commerce

Para os consumidores, a principal vantagem de comprar pelo e-commerce é preço. O mesmo produto que o consumidor poderia comprar em uma loja física, ele encontra muito mais barato no e-commerce. Isso porque o e-commerce não tem os mesmos custos de uma loja física, como: aluguel, salário, comissão e contas de consumo.

O segundo principal benefício para o consumidor é a comodidade, principalmente na hora de comparar preços. Quanto tempo ele demoraria para comparar o preço de três lojas físicas? Em uma pesquisa online, ele levaria menos de 10 minutos.

Já a terceira vantagem que os consumidores consideram é a possibilidade de comprar a qualquer hora, em qualquer dia da semana.

Contra essas três vantagens, temos dois pontos contra: a segurança e o tempo de entrega. Se finalizar a compra é um processo rápido, esperar o produto chegar pode não ser tanto… Mas, claro, existem formas de contornar esses pontos fracos e torna-los bons diferenciais do seu e-commerce.

 

4 – Sete motivos para você investir na criação de um e-commerce

Se você ainda está resistente a se adequar às novas demandas do mercado, investindo em um e-commerce para aumentar seu faturamento, confira esses sete motivos excelentes e veja as vantagens que o e-commerce traria para sua marca. Ou, se você não tem uma loja física, mas que começar sua marca, já pensou que a criação de e-commerce é uma ótima oportunidade? Olha só:

 

4.1 – Estar em todos os lugares, o tempo todo

Fechar a loja é sempre uma perda de oportunidades de venda, ou ficar aberta com um movimento fraco é sinônimo de prejuízo. Mas no e-commerce, apesar da sua disponibilidade ininterrupta, não se perde nada com isso.

Sua marca fica disponível 24 horas por dia para os seus clientes e seus produtos podem chegar a qualquer canto do mundo. É claro que a eficiência dessas transações depende daquilo que já falamos: marketing para alcançar clientes, logística e estrutura para atendê-los.

 

4.2 – Criar uma base de dados sobre os hábitos de compra dos seus clientes

Informação vale dinheiro e quando essas informações são sobre seus clientes o valor é ainda maior.

No e-commerce é possível obter dados e criar relatórios para entender de onde seus clientes vieram, o que eles compraram, e com a análise de um especialista sobre esses dados, você cria melhores estratégias de marketing e oferece as soluções que seus clientes realmente estão procurando.

Além disso, analisando a experiência do usuário no e-commerce, é possível fazer melhorias que o conduzam às compras através da hierarquia de informações e de um layout bem pensado.

 

4.3 – Processos de compra e venda automatizados

Como falamos no início, todo o processo realizado em uma loja física pode ser automatizado de uma forma mais econômica do que abrir um espaço ou ter uma filial, por exemplo.

 

4.4 – Menor investimento

Como dissemos, o valor para abrir uma loja física ou uma filial para sua marca seria maior do que o de criar um e-commerce. Isso é, também, um bom motivo para investir. E se você já tem uma loja física, o e-commerce seria mais uma forma de o público conhecer sua marca.

 

4.5 – Entregar as melhores vantagens

Os clientes veem vantagens na compra online e, cada vez mais, um público maior tem se rendido ao e-commerce (são mais de 1,7 milhão de novos consumidores online!). Por isso, ter uma plataforma de venda online é uma forma de entregar as soluções que seus cientes procuram: economia e comodidade.

 

4.6 – Marketing digital

É claro que o marketing digital pode servir às empresas com suas lojas físicas, mas a vantagem de fazer isso com um e-commerce é a facilidade de mensurar os resultados e o retorno que cada estratégia está trazendo para sempre adaptar e melhorar suas campanhas através de uma melhor segmentação do público, entre outras.

 

4.7 – Competitividade de mercado

Você já parou para pensar o que seus concorrentes estão fazendo? Onde eles estão? Quais as estratégias de venda deles? Uma forma de se destacar no seu nicho é sempre fazer melhor que o concorrente ou, no mínimo, o mesmo que ele.

 

5 – O que você precisa saber sobre seu e-commerce

Para completar seu conhecimento básico sobre e-commerce antes de você criar o seu, confira algumas dicas especiais da WMorais sobre o que você precisa saber sobre o seu e-commerce para se destacar no mundo online.

 

5.1 – Cuidado na hora de investir em mídia paga

Sempre reforçamos a importância do marketing digital, mas é preciso criar estratégias bem pensadas para cada marca. O custo da mídia paga pode acabar bagunçando todo seu orçamento, mais do que isso, apostar um valor para anunciar no Google e no Facebook às cegas, sem planejamento e estratégia pode acabar em prejuízo.

O básico é saber quanto custou cada aquisição de um novo cliente, e para isso é preciso incluir o valor de anúncios. É claro que a mídia paga pode trazer clientes, apenas cuidado na hora de investir: não faça por impulso e nem porque seus concorrentes estão fazendo. Encontre um profissional capacitado que saberá avaliar a situação e as necessidades da sua empresa e, assim, traçar a melhor estratégia, priorizando a eficácia, mas sem esquecer do orçamento.

Qualquer investimento sem planejamento e sem estratégia pode acabar diminuindo a margem de lucro a troco de nada.

 

5.2 – Qual seu diferencial para fidelizar clientes?

Sua marca, com certeza, tem um diferencial para atrair clientes até sua loja e fazê-los voltar. Mas dá para aplicar essa estratégia também no online para fidelizar clientes?

Todos sabem que o bom atendimento é o mínimo para qualquer negócio, mas também se sabe que dá para fazer de um ótimo atendimento o seu diferencial. Dá para associar isso com a usabilidade da sua plataforma de e-commerce. Navegar em uma loja virtual que funcione bem e seja intuitiva é o mínimo, por isso, esse é um aspecto que não dá para economizar na hora de investir.

Por outro lado, os preços baixos da compra online são o grande atrativo do meio, mas claro que a confiança do cliente na marca e a comodidade que ela oferece também pesam na hora de fechar negócio. Respeitar o prazo e ter disponibilidade de atendimento, no pré e pós venda, também têm destaque nos diferenciais que um e-commerce pode, e deve, oferecer.

 

5.3 – O desafio de oferecer preço baixo e facilidade de pagamento

Os consumidores buscam pelo menor preço entre as lojas virtuais, afinal, é muito mais fácil dar alguns cliques do que sair batendo perna pela cidade. Mas não apenas isso, eles buscam facilidade de pagamento, o que é sinônimo de parcelamento sem juros no cartão. Mas pense bem antes de oferecer essas vantagens, seu caixa aguenta? Como ficará o fluxo de caixa a curto e médio prazo?

Fazer melhor que a concorrência é importante e deve nortear algumas estratégias da marca, mas isso não pode comprometer o faturamento da empresa. Afinal, a ideia é ter mais lucros e não prejuízos.

 

5.4 – Como entregar tudo o que o cliente busca através da plataforma de e-commerce?

Depois de entender sobre o e-commerce e saber a importância de ter um, fica a pergunta: como criar um e-commerce? É preciso pensar bem na hora de escolher entre plataformas prontas e um projeto sob medida e tomar cuidado com a praticidade na hora de criar e-commerce.

Sim, a praticidade deve ser levada em conta, ainda mais em um momento em que as empresas precisam correr contra o relógio como agora. Mesmo assim, muitas plataformas acabam sendo “práticas demais” e congelam as possibilidades da marca de oferecer um layout diferenciado com a cara da empresa.

Personalizar o e-commerce deve ser uma prioridade para a marca e é possível fazer isso de uma maneira prática, customizando tudo conforme a própria necessidade e a expectativa do cliente.

É preciso correr atrás do tempo perdido, mas sem desistir de mostrar exclusividade e a personalidade da sua marca, fugindo de escolhas genéricas que tornariam sua plataforma de e-commerce apenas mais uma entre tantas. Por isso, escolha, sempre, criar e-commerce sob medida para enaltecer sua marca e também em respeito aos seus clientes, que merecem atendimento personalizado.

 

6 – O que mensurar para saber se o seu e-commerce está trazendo o resultado esperado?

Citamos várias vezes a importância de coletar dados e interpretá-los para saber o que está dando certo como estratégia e o que ainda precisa ser melhorado.

É fundamental saber informações básicas sobre o seu público — como seu perfil, de onde ele veio para acessar seu site, para onde as encomendas vão, quantos dos visitantes do e-commerce se tornam clientes, entre outros dados — ajuda a nortear quais métricas devem ser avaliadas no e-commerce e o resultado dessa mensuração norteará quais estratégias devem ser realizadas.

Confira alguns exemplos do que mensurar no e-commerce:

  • Tráfego do site;
  • Recorrência dos visitantes;
  • De onde vem seu tráfego;
  • Conversão;
  • Quantidade e qualidade das avaliações de produtos;
  • Abandono de carrinho;
  • Tempo médio de resposta;
  • Competitividade dos preços.

 

Conte com a WMorais para um e-commerce sob medida!

A WMorais tem anos de experiência na criação de projetos , como e-commerce para diferentes marcas, mas sempre respeitando a identidade de cada uma e mostrando para seus clientes o seu diferencial.

A tecnologia é sempre prioridade para todos os nossos projetos, para que os consumidores realizem suas compras sem problemas e recebam sua mercadoria no conforto e segurança de suas casas. Afinal, compra online deve ser sinônimo de comodidade e segurança!

Fale com a gente!

Entre em contato com a nossa equipe através do telefone (13) 3321-5308, WhatsApp ou, se preferir, mande uma mensagem.

 

As outras soluções da WMorais:

Temos expertise em criação de website gerenciável e desenvolvimento de sistema web personalizado. Tudo com a estrutura ideal para seu público-alvo, seja na criação de website, e-commerce, landingpage e até sistema web.

Bem como fazemos o planejamento de marketing de conteúdo SEO para o bom posicionamento SEO do seu site. Também realizamos otimização SEO para sites, e-commerces e hotsites.

Não deixe de ver nossos cases de sucesso!


A WMORAIS, localizada em Santos – São Paulo, oferece soluções digitais para pequenas, médias e grandes empresas. É especializada em otimização para mecanismos de busca (SEO) para ranqueamento na primeira página Google. Também tem expertise em criação de site gerenciável (e-commerce, blog, portal) e desenvolvimento de sistema web customizado. Além de atuar com consultoria de marketing digital, marketing de conteúdo, anúncios no Google Ads com links patrocinados, criação de logotipo e palestras personalizadas.

 

Voltar

Quer ficar por dentro das nossas novidades?

Você também vai gostar